Notícias

Câncer de boca e pescoço

Há uma data para nos lembrarmos da conscientização e da prevenção do câncer de cabeça e pescoço, o dia 27 de julho. Aliás, o mês todo tem essa atenção, e foi denominado Julho Verde. Mas não devemos esmorecer nunca. Foi durante o Congresso das Federações Mundiais de Cabeça e Pescoço, realizado em Nova York (EUA) em 2014, que a ideia de ter um dia dedicado ao tema surgiu. Naquele ano, a abertura do evento caiu em 27 de julho, e assim ficou mais fácil escolher essa data.Mas, afinal de contas, o que é isso?O câncer de cabeça e pescoço é representado, principalmente, pelo carcinoma epidermoide, também chamadoespinocelular, que acomete as vias aerodi- gestivas superiores e também a pele dessa região. Entretanto, o foco do Julho Verde são os tumores da boca (que inclui a língua), da faringe e da laringe, sendo esta última o órgão em que se encontram as pregas vocais (cordas vocais).A preocupação da especialidade com essa campanha se apoia no fato de que os tum

Mercado S/A: Saúde cada vez mais cara no Brasil

O custo da saúde privada no Brasil, que já é um dos mais altos do mundo, avançará em ritmo maior em 2018, segundo o relatório internacional Medical Trends Around the World, da consultoria M

Personalização - 'Pacientes não querem ser pacientes, mas pessoas'

O uso de inovações tecnológicas aliado à necessidade de desenvolver um olhar mais atento e humano para o paciente foi o mote da terceira edição do Summit Saúde Brasil, evento realizado pelo Estado.“Os pacientes não querem ser pacientes, mas pessoas. Não querem ter um plano de saúde, mas saúde”, destacou na palestra de abertura Clay Johnston, o primeiro reitor da Dell Medical School, da Universidade do Texas, em Austin.Para atender a essa mudança de paradigma, é necessário investir em interação, inovação e tecnologia, sem esquecer dos limites éticos, como destacaram os mais de 30 debatedores que participaram do evento de

Médicos dos EUA mudam diretriz para detecção de câncer de colo de útero

Um grupo de cientistas e pesquisadores influentes denominado U.S. Preventive Services Task Force publicou nesta semana suas novas recomendações para a detecção do câncer de colo de útero, dando agora três opções de teste às mulheres.O painel americano, que tem grande influência sobre sociedades médicas de todo o mundo, revisa as melhores evidências científicas disponíveis para ajudar médicos e pacientes a tomarem decisões sobre como prevenir doenças, levando em conta riscos e benefícios e custo-efetividade.Em caso de resultados sem alterações no exame anterior, o grupo recomenda que mulheres de 21 a 29 anos façam o rastreamento de câncer de colo de útero a cada três anos por meio do teste citológico, conhecido como papanicolaou --batizado assim em homenagem ao médico grego George Papanicolaou (1883-1962), que inventou o exame. Para mulheres de 30 a 65 anos, as opções da força-tarefa são estas: 1) papanicolaou a cada três anos, 2) teste que pesquisa o DNA dos tipos de HPV de maior risco a cada cinco anos ou 3) a combinação de papanicoloaou e teste de DNA-HPV a cada cinco anos. Cabe à paciente e ao médico decidirem qual estratégia seria a mais apropriada.Segundo o texto da U.S. Task Force, o rastrea

Mercado Aberto: Governo estuda reduzir subsídio à importação de dispositivos médicos

A importação de alguns dispositivos médicos, como próteses, poderá perder subsídios fiscais, o que reduziria em R$ 166 milhões as compras externas, segundo a Abraidi (que representa importadores).Três categorias estão sob revisão da Camex (secretaria de comércio exterior) e poderão ser excluídas de uma lista que reduz o Imposto de Importação.O Ministério da Saúde solicitou que entidades setoriais e empresas apresentassem argumento
Página 0 de 279)

Desenvolvido por MakeIT Informática