Notícias

Podem faltar seringas para vacinação contra a Covid-19, alerta associação

ABIMED defende planejamento prévio para evitar que população seja prejudicadaO mundo vive a expectativa da aprovação de vacinas que possam proteger contra a Covid-19. Estudos de diferentes laboratórios acontecem em vários países e alguns deles já estão na terceira e decisiva etapa de testes. E, ao que tudo indica, a imunização deve começar já no primeiro semestre de 2021. Contudo, a boa notícia precisa ser bem planejada desde agora.Além da vacina propriamente dita, outros aspectos como distribuição e oferta de in

Entidades do setor de saúde pleiteiam manutenção da isenção total de ICMS para produtos do Convênio 01/99

Associações representativas de fabricantes, distribuidores e importadores de dispositivos médicos para a saúde se unem e formam o que estão chamando de “Coalizão Dispositivos Médicos”.O que se busca com esse movimento é o diálogo com interlocutores do Governo do Estado de São Paulo sobre a lei 17.293/2020, os decretos 65.252 e 65.254 e seus efeitos. Por isso, a Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde (ABIMED), a Associação Brasileira de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (ABIMO) e a Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Produtos para Saúde (ABRAIDI) se uniram para discutir sobre os prejuízos e impactos na economia da nova tributação para o setor de saúde. O que se pretende é mostrar que ao insistir nesse caminho, há possíveis riscos de desestruturar toda a cadeia, impactando diretamente no atendimento aos pacientes, tanto do sistema privado como do público, o Sistema Único de Saúde (SUS).Vale destacar que as três entidades reúnem mais de 800 empresas associadas, entre nacionais e multinacionais, que juntas geram cerca de 140 mil empregos diretos e 250 mil indiretos e são responsáveis pela produção e fornecimento de equipamentos, dispositivos e insumos para diagnóstico em saúde consumidos no Brasil. Cabendo também a essas indústrias a distribuição no território nacional de todos esses produtos. Portanto, é evidente que estamos falando de um setor responsável por

Entidades do setor de saúde pleiteiam manutenção da isenção total de ICMS para produtos do Convênio 01/99

Associações representativas de fabricantes, distribuidores e importadores de dispositivos médicos para a saúde se unem e formam o que estão chamando de “Coalizão Dispositivos Médicos”. O objetivo do grupo é pleitear a manutenção das isenções referentes ao Convênio 01/99 CONFAZ e evitar o aumento de tributos para os produtos que estão fora do Convênio.O que se busca com esse movimento é o diálogo com interlocutores do Governo do Estado de São Paulo sobre a lei 17.293/2020, os decretos 65.252 e 65.254 e seus efeitos. Por isso, a Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde (ABIMED), a Associação Brasileira de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (ABIMO) e a Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Produtos para Saúde (ABRAIDI) se uniram para discutir sobre os prejuízos e impactos na economia da nova tributação para o setor de saúde. O que se pretende é mostrar que ao insistir nesse caminho, há possíveis riscos de desestruturar toda a cadeia, impactando diretamente no atendimento aos pacientes, tanto do sistema privado como do público, o Sistema Único de Saúde (SUS).Vale destacar que as três entidades reúnem mais de 800 empresas associadas, entre nacionais e multinacionais, que juntas geram cerca de 140 mil empregos diretos e 250 mil indiretos e são responsáveis pela produção e fornecimento de equipamentos, dispositivos e insumos para diagnóstico em saúde consumidos no Brasil. Cabendo também a essas indústrias a distribuição no território nacional de todos esses produtos. Portanto, é evidente que estamos falando de um setor responsável por grande impacto na economia, além de extrema essencialidade para o bom andamento da saúde no País. Contudo, pesa negativamente aos indicadores acima apontados, o fato de que em 2020 este setor encontra-se em crise. Crise essa em razão da desvalorização de 50% da moeda nacional frente ao Dólar, dos problemas de logística e aumento do frete causados pela pandemia do Coronavírus, do prejuízo provocado pela redução drástica de procedimentos eletivos e preventivos, dos agravos no alongamento do prazo de pagamentos e acesso limitado a linhas de crédito. Tudo isso está impactando diretamente na receita e no fluxo financeiro da indústria da saúde.Para se ter uma ideia sobre o abal

Diálogos ABIMED debate acordo comercial Brasil-EUA

O evento será no dia 5, a partir das 14 horas, e a Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para a Saúde reunirá especialistasApós quase dois anos de negociação, os governos do Brasil e dos Estados Unidos anunciaram, na segunda quinzena de outubro, a conclusão de três acordos comerciais inéditos. Os termos dos acordos entre Itamaraty, Ministério da Economia e Representante Comercial dos EUA (USTR) preveem abolição de algumas barreiras não-tarifárias no comércio bilateral: a simplificação ou extinção de procedimentos burocráticos, conhecida no jargão empresarial como facilitação de comércio a adoção de boas práticas regulatórias que proíbem, por exemplo, que agências reguladoras de cada país mudem regras sobre produtos sem que exportadores do outro país possam se manifestar previamente e a adoção de medidas anticorrupção. Para saber como estes acordo

Brasil, EUA e México promovem Omnia Health Live Americas

Maior encontro on-line do continente terá mais de 700 empresas de diversos paísesOs mercados de saúde do Brasil, Estados Unidos e demais países da América Latina se preparam para o Omnia Health Live Americas (OHLA) evento digital gratuito organizado pela Hospitalar, em parceria com a FIME e Expomed, realizados nos Estados Unidos e México respectivamente. No OHLA, que acontece entre os dias 2 e 6 de novembro, os visitantes terão acesso a mais de 700 empresas nacionais e internacionais, em um ambiente multissetorial, semelhante ao da Hospitalar. Será possível agendar reuniões de negócios, fazer encontro para network, além de uma programação de cinco dias de intenso conteúdo totalmente on-line e disponibilizado em português, com especialistas de todo o continente.
Página 3 de 310)

Desenvolvido por MakeIT Informática