Notícias

Abbott amplia linha nutricional com o lançamento do Ensure® Protein

A nutrição é fundamental para uma longevidade saudável, com mais vitalidade. Com o passar do tempo e o ganho de idade, a ingestão de calorias e nutrientes essenciais às necessidades para a manutenção da saúde, força e vitalidade tende a cair gradativamente. Para assegurar uma dieta mais equilibrada aos adultos e prevenir os riscos nutricionais associados ao envelhecimento, a Abbott, empresa global de cuidados para a saúde, traz ao mercado o Ensure® Protein, suplemento nutricional oral fonte de proteínas que ajudam no ganho de massa magra1, tão importante para a saúde e o bem-estar.

Pronto para beber, Ensure® Protein possui importantes nutrientes para suprir as necessidades diárias dos adultos

O novo suplemento é recomendado tanto para os adultos que possuem (ou podem ter) sarcopenia, uma condição caracterizada pela perda progressiva de massa magra e força muscular, bem como para pessoas que praticam atividades físicas regularmente e buscam envelhecer com saúde e disposição.

“O Ensure® Protein contribui para o aumento da massa magra e auxilia na manutenção do peso, oferecendo uma fórmula balanceada, entre calorias e proteínas, que resulta em mais saúde, força e energia”, declara Patrícia Ruffo, Gerente Científico da Divisão Nutricional da Abbott.

Conforme a expectativa de vida da população cresce, o surgimento de problemas com a saúde também aumenta. Após os 60 anos, por exemplo, a ingestão calórica começa a diminuir, podendo levar à desnutrição. Além disso, estudos norte-americanos mostram que já a partir dos 40 anos de idade, as pessoas perdem cerca de 8% de massa muscular a cada década.2-5

É também na fase adulta, justamente quando o corpo requer mais proteínas para a saúde muscular, que alguns fatores6 podem prejudicar o consumo adequado desse nutriente. É o caso da redução natural da capacidade de processar proteína disponível (que pode vir da resistência à insulina e à proteína anabólica, e da imobilidade), e de quadros como perturbações gastrointestinais ou anorexia, que também podem resultar na baixa ingestão da proteína usual. Além disso, à medida que o tempo passa, cresce a necessidade de mais proteína dietética para compensar condições inflamatórias. Vale lembrar que quanto mais baixa é a ingestão desse componente, maior é a perda de massa muscular7 , pois a ingestão de proteínas e macronutrientes está diretamente relacionada às mudanças da composição corporal.

De acordo com o estudo, as pessoas que ingeriram diariamente 1,1g de proteína
por quilo de peso apresentaram menor perda de massa magra do que as que consumiram 0,8g, respectivamente.

O Ensure® Protein, disponível em garrafinha de 220 ml, equilibra a dieta porque contêm 28 vitaminas e minerais, proteínas (17g) e nutrientes que ajudam a aumentar a massa magra. A ingestão do produto é recomendada no intervalo das refeições.
Sobre a Abbott
Na Abbott, estamos comprometidos a ajudar você a viver da melhor maneira possível, por meio do poder transformador da saúde. Por mais de 125 anos, apresentamos ao mundo produtos e tecnologias inovadores – em nutrição, diagnóstico, dispositivos médicos e medicamentos de marca -, criando mais possibilidades, para mais pessoas, em todas as fases de suas vidas. Hoje, somos 73 mil colaboradores, em mais de 150 países, trabalhando para ajudar as pessoas a viver mais e melhor.
Presente no Brasil há 78 anos, a Abbott trabalha para proporcionar às pessoas um melhor acesso a soluções médicas e de saúde inovadoras, contribuindo para o desenvolvimento dos cuidados para a saúde em todo o país. No Brasil, a empresa emprega aproximadamente 1.400 colaboradores em áreas como produção, pesquisa e desenvolvimento, logística, vendas e marketing. As principais unidades da Abbott no país ficam em São Paulo e Rio de Janeiro, cidade onde está o parque fabril da empresa.
Acesse www.abbottbrasil.com.br e fique em contato conosco pelo Facebook/Abbott Brasil.
Referências Bibliográficas
1. Houston DK, Nicklas BJ, Ding J, et al. Dietary protein intake is associated with lean mass change in older, community-dwelling adults: the Health, Aging, and Body Composition (Health ABC) Study. Am J Clin Nutr. 2008;87:150-155.
2. Grimby GB et al. Acta Physiol Scand. 1982;115:125.
3. Larsson L et al. J Appl Physiol. 1979;46:451.
4. Flakoll P et al. Nutrition. 2004;20:445-451.
5. Baier S et al. J Parenter Enteral Nutr. 2009;33:71-82.
6. Bauer J, Biolo G, Cederholm T, et al. Evidence-based recommendations for optimal dietary protein intake in older people: a position paper from the PROT-AGE Study Group. J Am Med Dir Assoc. 2013;14:542-559
7. Houston DK, Nicklas BJ, Ding J, et al. Dietary protein intake is associated with lean mass change in older, community-dwelling adults: the Health, Aging, and Body Composition (Health ABC) Study. Am J Clin Nutr. 2008;87:150-155.


Desenvolvido por MakeIT Informática