Notícias

Balanço e Perspectivas ABIMED - Preparada para o futuro


ABIMED comemora resultados positivos no último período e apresenta as principais diretrizes de seu planejamento estratégico para continuar atuando em prol do setor no biênio 2022-2023.


Como não poderia deixar de ser, o ano de 2021, segundo da pandemia de Covid-19, continuou a demandar atenção redobrada da área de saúde, com grande empenho de todos os profissionais para lidar com as graves dimensões da crise sanitária. Lançando mão de todos seus esforços e dedicação, o segmento de equipamentos e dispositivos médicos vem buscando caminhos para dar a sua contribuição para que a sociedade supere este período complexo. 


A campanha de vacinação em todo o País, iniciada com mais força no segundo semestre de 2020, teve impacto positivo na redução dos índices de mortalidade por Covid-19. Porém, ao longo desse período, reflexos foram produzidos nas diversas especialidades médicas, que, agora, volta a se recuperar. “Foi um período significativo para o setor, na medida em que a oscilação entre os ciclos da pandemia propiciou a retomada cirurgias eletivas e certa normalidade no atendimento das diversas especialidades médicas”, resume o presidente executivo da ABIMED, Fernando Silveira Filho.


Outros aspectos também sofreram influências da crise, como as questões tributárias de âmbito estadual, que foram tema de debates na Associação. “Este tópico teve forte impacto no setor, mas felizmente estamos voltando à normalidade. E, no âmbito federal, as questões relativas à reforma tributária demandaram bastante atenção de toda a cadeia produtiva da saúde, no sentido de evitar aumento da carga tributária”, esclarece.


No que se refere aos temas trabalhados pela ABIMED ao longo do ano, houve avanços em todas as frentes, destacando-se, entre estas, o lançamento do posicionamento da entidade em relação ao tema Valor em Saúde; a publicação do Painel ABIMED: Os Impactos da Transformação Digital na Área da Saúde; e o lançamento da revista Vi-Tech. Também merece menção o lançamento da frente parlamentar para dispositivos e equipamentos médicos e tecnologia na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Ainda em 2021 tiveram início as atividades da Comissão de Ética Independente, mais uma ação inovadora da ABIMED, que visa, sobretudo, à melhora no ambiente de negócios no setor. Além desses destaques, outras importantes conquistas foram registradas no Relatório ABIMED para o biênio 2020-2021, nos tópicos da inteligência regulatória; relações institucionais e governamentais; assuntos legais e compliance; serviços às associadas; comunicação e imprensa. Todos os resultados podem ser conhecidos na íntegra clicando aqui .


Perspectivas para o biênio


Este ano de 2022, quando ainda não podemos vislumbrar um cenário de fim da pandemia, é também um período de complexidades adicionais, em particular no que refere às políticas públicas e normas regulatórias. “Em um ano eleitoral se torna muito incerto determinar esse tipo de assunto. Esperamos que do ponto de vista macro, as reformas administrativa e tributária possam avançar. Quanto às normas regulatórias, essas tendem a seguir um curso relativamente normal”, observa Fernando Silveira Filho.


O presidente da ABIMED pontua que, com base nos dados da OCDE, é possível identificar que o Brasil tem uma das maiores cargas tributárias sobre o setor de saúde, comparativamente aos países membros daquela organização. Além disso, um número importante deles tem alíquota zero para dispositivos e equipamentos médicos. “A ABIMED entende que, benefícios fiscais ou isenções hoje existentes tem por objetivo corrigir as distorções de nosso sistema tributário e, que uma reforma tributária ampla, não regressiva, com procedimentos operacionais simplificados, e que caminhe na direção dos países da OCDE em termos de alíquotas, irá permitir que o custo da saúde no país regrida para patamares adequados, ao mesmo tempo possibilitando maior segurança jurídica no sentido de reter e atrair novos investimentos, ajudando a inserir o país nas cadeias internacionais de negócios em saúde, e com isto gerando maior capacidade competitiva do país, mais empregos, distribuição de renda e riqueza”.


A tecnologia aplicada à saúde é um tópico de máxima relevância para o setor. E, se em algum momento havia dúvidas sobre o impacto da tecnologia na saúde das pessoas, esse período conturbado mostrou que estamos fatalmente dependentes desta para que a qualidade de vida se mantenha. “Em nossa publicação acerca da Transformação Digital na Saúde, nossos articulistas abordaram de forma muito feliz, as diversas dimensões e impactos da tecnologia, no setor e na vida das pessoas. E sem sombra de dúvida a telessaúde e, em particular, o teleatendimento, vieram para ficar”, defende. Ação importante neste sentido, aliás, foram as duas edições do programa Saber ABIMED realizadas no início deste ano e cujos destaques deste importante debate sobre telessaúde e LGPD podem ser conferidos nesta edição.


O presidente da ABIMED ressalta que a postura e forma de atuação da Associação se baseiam em três aspectos: Inclusão, dados de realidade e proposição. É com esta visão que pauta suas atividades para que o acesso da população de todo o País às tecnologias adequadas seja sempre facilitado e ampliado. Neste sentido, as ações de capacitação são fundamentais. Outra importante iniciativa é o lançamento do 6º Código de Conduta, um dos documentos que orientam as atividades da Associação e, especialmente, das associadas, permitindo a existência e a convivência das empresas, em um ambiente de negócios justo, transparente e regulado com as melhores práticas do setor.


“Em 2022 vamos iniciar um programa estruturado e de longo prazo não só para capacitação, mas igualmente em educação continuada para associadas e não associadas em temas relevantes para o setor. Estamos estruturando esta iniciativa de forma consistente para que o impacto seja relevante para todos os envolvidos”. Para sintetizar, o biênio 2022/2023 na ABIMED terá seu trabalho orientado pelos Cinco Eixos Estratégicos: - Sustentabilidade do Sistema e Ambiente de Negócios, a Tecnologia e Inovação, a Ética e Compliance, o ESG e a Educação.



Desenvolvido por MakeIT Informática